Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mais sobre mim

foto do autor


calendário

Março 2015

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031



Pesquisar

 



Trailer de "Maggie". Schwarzenegger num filme de "zombies" com bom aspeto.

por JBM, Segunda-feira, 30.03.15

maggie.png

trailer já anda nos meus feeds há uns dias, mas só hora é que ganhei coragem para o abrir. E não é que isto tem muito melhor aspeto do era suposto ter?

É só rezarmos para que o nosso amigo Arnie se mantenha em modo "silêncio contemplativo e sofredor" durante a maior parte do filme e pode ser que tenhamos aqui uma bela surpresa.

E sim, as ligações com o videojogo "The Last of Us" não são pura coincidência. O realizador de "Maggie" realizou os créditos de abertura do videojogo (já agora, aqui fica o trailer do "The Last of Us").

Autoria e outros dados (tags, etc)

Assim é o Lex Luthor de "Batman v Superman: Dawn of Justice"

por JBM, Quarta-feira, 25.03.15

lex.png

Por muito que gostemos do Gene Hackman e do Kevin Spacey, são poucos os que não concordam que o Lex Luthor sempre foi o ponto fraco das incursões do "Homem de Aço" no cinema (o meu Lex Luthor favorito continua a ser o Michael Rosenbaum em "Smallville").

Será que vai ser o "miúdo" Jesse Einsenberg a mudar a coisa? A julgar por esta foto da EW, parece estar no bom caminho.

lex-luthor.0.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tom Cruise mais uma vez sem duplos no primeiro trailer de "Mission: Impossible - Rogue Nation".

por JBM, Segunda-feira, 23.03.15

roguenation2.png

Atualização: Já por aí anda a versão completa do trailer anterior.

Ethan Hunt e a sua equipa estão de volta no primeiro trailer do quinto "Mission: Impossible" a.k.a "Rogue Nation".

Realizado por Christopher McQuarrie ("Jack Reacher"), "Rogue Nation" tem tudo o que se poderia esperar de um "Mission: Impossible", incluindo o habitual stunt de Tom Cruise (sim, aquela cena do avião é real) e a aguardada aparição do "The Syndicate", os vilões recorrentes da série de TV original.

Pessoalmente gosto do feel 007 da coisa e do facto de me parecer mais virado para o original do Brian DePalma do que para qualquer uma das sequelas.

A estreia em Portugal está marcada para 13 de agosto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O guia definitivo sobre a felicidade cinematográfica

por JBM, Sexta-feira, 20.03.15

felicidade.png

Dizem no Facebook que hoje é o Dia Mundial da Felicidade. Depois de pensar no que poderia fazer para assinalar tão ilustre data, e como acredito que a felicidade cinematográfica é uma coisa que deve ser partilhada com o mundo, aqui fica uma pequena lista de coisas que me fazem feliz no que a esta coisa dos filmes diz respeito.

O prazer da primeira vez

Numa altura em que somos bombardeados com informação por todos os lados, é cada vez mais díficil descobrir realmente alguma coisa. Claro que de vez em quando lá acontece aquele momento mágico em que os astros se alinham, os céus se abrem e conseguimos sentir o nosso coração a bater mais forte por um filme que duas horas antes nem sabíamos que existia. Isso, meus senhores, é felicidade.

No repetir é que está o ganho

Já por aqui falei sobre o flagelo que é tratar todos os filmes como fast food. Os filmes são como uma almoçarada de domingo. Devem-se consumir, digerir e repetir, de preferência com um bom vinho e em boa companhia. O primeiro prato é sempre o mais fraco e a fome acaba inevitavelmente por se sobrepor aos sentidos. Agora ao segundo a conversa é outra. Aí é que o cozido mostra o que vale.

Um final inesperado

Atenção: um final inesperado não é o mesmo que um twist. Um twist é uma artimanha barata que a rapaziada acabada de sair da escola de cinema utiliza para impressionar a malta mais inexperiente. Um twist raramente sobrevive a uma segunda visualização. Já um final inesperado dura para sempre. O inesperado choca violentamente com as nossas expetativas, brinca com os nossos sentidos e faz o nosso coração bater mais depressa.

Antes só que mal acompanhado

Ir ao cinema é uma experiência de extremos. Tanto podemos estar sozinhos na sala e ter a melhor sessão de sempre, como podemos ter o azar de estar à frente de um grupo de adolescentes que acha que a nossa cadeira é um substituto válido de uma bola de futebol. Como não sou um tipo que goste de arriscar, nada bate a sensação de descobrir que estamos praticamente sozinhos numa sala de cinema.

Quando as expetativas são superadas

Os efeitos nefastos de umas expetativas não correspondidas podem não se ficar por um filme. Em casos extremos, uma desilusão cinematográfica pode obrigar-nos a repensar toda a filmografia de um determinado indivíduo. Por outro lado, quando as expetativas são superadas a magia acontece. Por momentos ficamos com a certeza que tudo é possível. Pelo menos até chegarmos a casa e descobrirmos que o gato vomitou no sofá.

Os opostos que se atraem

Mais do que encontrar alguém que concorda connosco, a verdadeira felicidade acontece quando encontramos uma pessoa com uma visão totalmente oposta que nos obriga a repensar todo o filme. Claro que o mais provável é que esteja errado... mas valeu pela tentativa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Keanu Reeves, Jason Momoa e Jim Carrey juntos numa história de amor canibal pós-apocalítica

por JBM, Sexta-feira, 20.03.15

badbatch.png

Keanu Reeves, Jason Momoa e Jim Carrey vão trabalhar juntos em "The Bad Batch", o novo filme de Ana Lily Amanpour, a realizadora do "A Girl Walks Home at Night", o tal filme de vampiros iraniano que anda a dar que falar no circuito dos festivais de cinema.

Mas sobre o que é isto, perguntam vocês.

"The Batch Batch" é descrito como uma história de amor canibal pós-apocalítica ambientada no Texas. Segundo o The Wrap,  Jason Momoa interpreta um canibal chamado Miami Man, enquanto que Reeves e Carrey dão vida a dois indivíduos que respondem pelos nomes de "The Dream" e "The Hermit", respetivamente.

Tens a minha atenção, menina Amanpour.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Trailer de "Pixels". Afinal o Pacman é um dos maus.

por JBM, Quarta-feira, 18.03.15

pixels.png

Chegou à internet o primeiro trailer de "Pixels", a comédia de Chris Columbus inspirada na mítica curta do Patrick Jean (que podem ver aqui).

Sinceramente (e surpreendentemente) até achei piada. Aquela vibração à "Ghostbusters" pode correr muito bem ou muito mal, mas até agora ainda não há motivos para alarme.

Agora era só tirar de lá o Adam Sandler e multiplicar o Peter Dinklage e ficava no ponto.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tim Burton prepara versão em imagem real de "Dumbo"

por JBM, Quarta-feira, 11.03.15

timburtondumbo.jpg

A Disney parece ter descoberto um novo e lucrativo caminho com as adaptações live-action dos seus clássicos animados (e se tivermos em conta que as críticas do novo "Cinderella" estão a superar largamente as expetativas, a coisa não vai parar tão cedo).

Mas se pensavam que se iam ficar pelas mediáticas princesas Disney desenganem-se. O próximo clássico animado a dar o salto para a imagem real é nada mais nada menos que "Dumbo", pelas mãos do próprio Tim Burton, o homem que começou esta moda em 2010 com o "Alice in Wonderland" e que parece andar perdido num purgatória criativo desde o início da década passada.

Da minha parte estou mais interessado em saber o que vai sair da versão que Burton está a preparar do "Miss Peregrine’s Home for Peculiar Children" do Ransom Riggs.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Novo trailer de "Inside Out" da Pixar

por JBM, Terça-feira, 10.03.15

insideout.png

Depois de um atípico ano sabático, a Pixar entra com tudo em 2015. 

"Inside Out" é o primeiro dos dois filmes que a Disney/Pixar preparou para este ano (o outro é "The Good Dinosaur", lá mais para o final do ano) e não é exagero dizer que coisa tem cada vez melhor aspeto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Assim é o James Bond de acordo com o tipo que produziu a curta dos Power Rangers

por JBM, Terça-feira, 03.03.15

serviceofnothing.png

Depois de ter conseguido manter a versão nsfw dos "Powers Rangers" online, o produtor Adi Shankar está de volta à internet, agora com uma nova visão para o James Bond. 

Shankar divulgou o storyboard animado de "In Service of Nothing", um projeto para uma curta-metragem sobre um envelhecido James Bond da era Connery e as suas dificuldades de adaptação ao século XXI.

Ao contrário da curta dos "Power Rangers", esta é apenas uma animação muito rudimentar que provavelmente nunca vai ver a luz dia. Claro que isso não quer dizer que não possa ser vista e discutida.

Autoria e outros dados (tags, etc)

O vencedor do Óscar de Melhor Documentário está disponível gratuitamente online

por JBM, Segunda-feira, 02.03.15

citizenfour.png

"Citizenfour", o vencedor do Óscar de Melhor Documentário (longa-metragem), está disponível na íntegra no thoughtmaybe.com.

Se quiserem saber mais sobre o polémico Edward Snowden e, quem sabe, mudar drasticamente a forma como se relacionam com as novas tecnologias, passem por lá.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Blogue a 24fps e sem óculos 3D.




Posts Populares


Na Garagem


Comentários recentes

  • JBM

    Tem toda a razão. Quando publiquei isto ainda tinh...

  • Tiago

    É em Agosto que o filme estreia, eles mudaram a da...

  • JBM

    Obrigado miss Mandim. Já há muito que não a via po...

  • JBM

    Muito obrigado. :)

  • Andreia Mandim

    Genial este post.