Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CINEBLOG

CINEBLOG

10 filmes para ver depois de uma derrota pesada da seleção

Não nos vamos enganar: assistir a uma derrota pesada da nossa equipa favorita tem potencial para estragar o dia ao mais pacífico dos cidadãos. No entanto, como não há nada que o cinema não resolva, resolvi deitar mãos à obra para vos trazer uma lista de 10 filmes capazes de fazer esquecer o pior dos descalabros desportivos.

Agradeçam-me mais tarde.

 

It's a Wonderful Life (1946)

A vida por vezes pode ser tramada (e perder por 4-0 na estreia do mundial pode parecer a pior coisa do mundo) mas que não restem dúvidas: o mundo seria muito mais aborrecido sem nós por cá. Ou pelo menos sem o Jimmy Stewart.

Groundhog Day (1993)

Pior do que assistir a uma derrota uma vez, é ter de levar com ela vezes sem conta graças a um misterioso loop infinito do espaço-tempo. Vamos todos rezar aos santinhos para que amanhã não acordemos com uma música da Cher.

Amélie (2001)

É impossível ficar mal-disposto depois de uma visita ao maravilhoso mundo interior de Amélie Poulain. Um feel good movie por excelência capaz de tirar qualquer um das profundezas da depressão.

Babe (1995)

Se um porco pode ser um cão-pastor, porque é que a seleção não pode superar esta derrota? 

Little Miss Sunshine (2006)

Se só por si os road movies têm a particularidade de nos alegrar a existência, "Little Miss Sunshine" é um dos exemplos mais elegantes e bem oleados que o género teve a honra de parir.

Eternal Sunshine of The Spotless Mind (2004)

Uma viagem surreal ao interior da mente humana que nos consegue provar o que nós já sabíamos: as más recordações podem ser lixadas, mas vale a pena lutar por elas. E trazer uma cama para a praia nunca fez tanto sentido.

Planes, Trains, and Automobiles (1987)

O derradeiro road movie cómico. Pode não ter a elegância indie do outro road movie desta lista, mas tem todo o coração que é possível meter em hora e meia de filme. E nunca é de mais rever o grande John Candy.

Love Actually (2003)

Sim, o "Love Actually" é piroso, lamechas e, regra geral, pouco credível. Mas haverá alguém capaz de não ficar bem disposto depois da sequência de abraços antes dos créditos finais?

Finding Nemo (2003)

Nenhuma lista de feel good movies estaria completa sem um filme da Pixar e "Finding Nemo" foi o escolhido para integrar o lote dos titulares. A aventura de um minúsculo peixe palhaço que atravessa o oceano para salvar o filho é a prova que tudo é possível.

Nuovo Cinema Paradiso (1988)

Se tudo o resto falhar, talvez esteja na altura de deixar o futebol de lado e de nos entregarmos de braços abertos à magia do cinema. 

 

1 comentário

Comentar post

Siga-nos:

Blogue a 24fps que não necessita de óculos 3D. Online desde 2003.

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.