Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CINEBLOG

CINEBLOG

Quiz: Que estrela de cinema seria eu?

Seguindo os passos do nosso amigo Miguel, resolvi fazer este pequeno quiz...


According to the Movies.com Which Movie Star Are You Like? quiz, you're:

Tom Cruise



You're undeniably popular, and people can't stop talking about you, whether it's your newest project or your latest wacky antics. You're also deeply committed to your beliefs — no matter how crazy (cough Scientology cough) they might seem to others.

Take this quiz at Movies.com


Que mais posso dizer...?

Abaixo o terrível Imperador Xenu! Abaixo os psiquiatras! Ciêntologia para sempre!!

Já agora... e vocês quem seriam?

(está-me mesmo a apetecer um pouco de cordão umbilical... nham nham)

A Marvel em peso

Pelos vistos, o pessoal da Marvel não foi de férias:

"Iron man" tem novo realizador. O seu nome é Jon Favreau. Tem também argumentistas: Arthur Marcum, Matt Holloway. E até já lhe marcaram o início das filmagens para o início de 2007. Actores é que nem vê-los.



"Nick Fury" está a ser escrito por Andrew W. Marlowe, que tem no cúrriculo marcos incontornáveis da história do cinema, como são "Air Force One", "Hollow Man" e "End of Days".



Da pen do Zak Penn (.. ah pois, estes trocadilhos não são para qualquer um) espera-se que saia a nova aventura do "Hulk", que terá como vilão um tal de "Abomination". Recorde-se que já que Penn já esteve envolvido no guião de "X-2" (yeaaahhhh!), "Elektra" (buuuuuhhh!) e "X-men 3" (ainda uma incógnita)



Dos sets de "Spider-Man 3" chega-nos este vídeo que decorre durante a gravação de uma cena (e este não é fake!... mas também não mostra nada de mais...)



David Self ("The Haunting" e "Road to Perdition") é o encarregado de escrever o guião de "Captain America", que será lançado não antes de 2009.



Mark Protosevich ("The Cell") foi anunciado como o novo responsável pelo guião de "Thor".



E para terminar, saibam que Edgar Wright (o criador de "Shaun of the Dead") prepara-se para levar ao cinema o menos conhecido (mas nem por isso menos fascinante) "Ant Man" (Homem Formiga), como realizador e argumentista.

"Vincent" de Tim Burton - a curta

E agora um post verdadeiramente lamentável:

Já que o pessoal da SAPO
Conseguiu por o flash a funcionar
Aqui fica (só para testar)
Esta curta do Tim Burton
Que vos vai de certo animar.

Chama-se "Vincent", como o Price
O mesmo que está a narrar.
E caso se estejam a perguntar
Porque é que este post é a rimar
A isso não vos sei responder...

Será que me estou a passar?
Não... nada disso... simplesmente me esqueci de almoçar



e já agora :

se quiserem ver, de novo, o poema
(o do filme, não aquela treta que eu escrevi)
Não procurem mais, não vale a pena
Simplesmente cliquem... aqui!

Serviço Público: "Cine Guia 2007" a caminho

Eu não se aqui alguém se lembra do "Vídeo 93", um guia muito janota que pretendia listar e classificar todos os vídeos existentes em Portugal (no velhinho formato VHS... lembram-se? Aquelas coisas com uma forma "atijolada"? Em que tinhamos que gramar com os trailers no início dos filmes? E com sketches dos marretas nos filmes da Disney? (dobrados em bom brasileiro).. ai... velhos tempos)... Bem... mas cingindo-me ao que ia a dizer... Em Outubro, os criadores do "Vídeo 93", pretendem lançar um novo projecto intitulado de "Cine Guia 2007".

O "Cine Guia 2007" (acreditem ou não) será não apenas um anuário com todos os dvds que há em Portugal (com críticas, classificações, fichas...), o que por si só já poderíamos considerar um trabalho hercúleo, mas ainda terá textos complementares (biografias, curiosidades, tops, introduções...) e promoverá os êxitos cinematográficos de 2007.

O seu autor é o meu colega blogger Miguel Lourenço Pereira (de cognome, "O Incansável") e terá prefácio de Mário Dorminski (o fundador do Fantas).

Eu cá fico à espera a contar os tostões...

Mulheres boas, estrelas de rock e ladrões

Isto anda aqui uma crise de notícias que nem vos digo nada...

Depois de muita pesquisa e movimentação de influências, arranjei três notícias.

Uma, diz respeito à menina Angelina Jolie, que para além de ultimamente ter sido notícia por causa disto (que melhor, só se no meio destas três fotos estivesse também uma daqui do vosso fiel servidor), confirmou a presença em "Tomb Raider 3", numa tentativa de mostrar ao mundo como se pode ser mãe e continuar a povoar o imaginário mais íntimo de uma grande parte da população mundial (masculina e feminina, pois está claro).



Outra fala-nos do nosso amigo Johnny Depp, que se perfila como o principal candidato a encarnar Michael Hutchence, o mítico vocalista dos INXS (pronuncia-se "inéquecésse"), num futuro biopic.



E por último, chega-nos a notícia de que Al Pacino se acaba se juntar ao elenco de "Ocean's 13", em princípio não como um dos treze, mas como o vilão de serviço.



E pronto... basicamente... é isto.

Ah.. e também foram divulgados os nomeados para os "MTV Movie Awards"... aqui!

V for Vendetta



"Remember, remember, the fifth of November"

No minimo polémico. É de louvar a ousadia ideológica com que os criadores de "V for Vendetta" (o filme, uma vez que Alan Moore se afastou de tudo relacionado com este filme, considerando-o "patético e infantil") nos brindaram no início deste ano cinematográfico.

"V", um dos personagens mais fascinantes a aparecer nos últimos tempos no grande ecrã, é o idealista nato. Liberdade para sempre. Mas a que preço? Será que tudo nos é permitido? Será mesmo necessário e aceitável, semear-mos tempestades para depois colher-mos a bonanza? Será que o terrorismo em determinadas situações pode ser aceitável? Terrorista e Lutador da Liberdade serão a mesma coisa?

Se muitos tinham medo que este filme fosse mais um festival superficial de acção non-stop desenganem-se. Tem acção é certo, mas para quem quiser pensar um pouco mais, e verificar se o Sudoku anda a fazer efeito, irá encontrar uma obra corajosa, longe do pretensiosismo da trilogia "Matrix", e da postura politicamente correcta de outros filmes do género, que levanta toda uma série de questões, que se podem mesmo considerar inéditas no cinema mainstream pós-11 de Setembro.

O poderoso Hugo Weaving e a sublime Natalie Portman (ambos com interpretações dignas de nota), deixam-se envolver aqui por um peculiar e misterioso romance onde os ideiais e os sentimentos se confundem, tornando-se estes mais importantes que os meios, e onde tudo é permitido para se conseguir devolver a liberdade a um povo sufocado por um estado Orwelliano.

Visualmente belo e intrigante (a simples frase : "dos criadores da trilogia "Matrix"" deixa desde logo antever uma perfeição técnica) este é o primeiro grande filme do ano, recomendado a nihilistas, conformistas, filósofos, e ao mero espectador pipoqueiro. É certo que em determinados momentos cai em lugares comuns e pode ser considerado inconsequente por alguns, mas tal polivalência não a encontramos todos os dias num único bilhete de cinema.

(8/10)

Pág. 1/4

Siga-nos:

Blogue a 24fps que não necessita de óculos 3D. Online desde 2003.

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.