Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CINEBLOG

CINEBLOG

"Déjà Vu"



"What if you had to tell someone the most important thing in the world, but you knew they'd never believe you?"


Poucas vezes fui tão enganado para uma sala de cinema. Os trailers não me tinham chamado minimamente a atenção, e estava convencido que este era um vulgar thriller, dos quais estamos a maior parte do filme sem perceber um corno, não porque o argumento seja complexo, mas porque nos ocultam informação que consiste basicamente em "são os extraterrestres" ou "é uma conspiração do governo"... Nada mais longe da verdade.

"Déjà Vu" é um thriller de ficção científica (sim! Isso mesmo!) inteligente, rebuscado e que mesmo tendo um número razoável de pontas soltas, a credibilidade dos seus protagonistas - todos sabemos o "grandioso" que é Denzel Washington em tudo o que faz - é mais do que suficiente para o tornar numa das experiências mais surpreendentemente imprescendíveis do ano cinematográfico.

Não vos queria revelar demasiado. Até porque o trailer não faz qualquer menção ao factor mais "fantástico" do filme, por isso suponho que os seus criadores não queiram que as pessoas o conheçam antes de ver um filme. Mas posso-vos dizer que Jim Caviezel (que aqui tem uma curta mas excelente interpretação) já teve, aqui há uns anos, uma experiência no género - e obviamente não estou a falar do Cristo.

Longe vão os tempos em que Tony Scott era o Ralph Schumacher dos irmãos Scott. Nos últimos anos temos vindo a assistir a uma mudança respeitável quer a nível visual, quer a nível qualitativo. Scott é nesta altura um dos mais competentes e originais artesãos no género de acção, e se por vezes é verdade que se deixa levar pelo estilo (cof*... "Domino"... cof*), não é menos verdade que não lhe podemos tirar o mérito de tentar novas experiências que não são facilmente bem recebidas pelo público e pela crítica.

Aqui poderão ver vários exemplos do que é fazer acção clássica de topo (afinal de contas Bruckheimer está metido ao barulho), mas chamo a vossa atenção para aquela que é provavelmente a mais original perseguição automobilística dos últimos anos. Um conceito de cortar a respiração.

Não é um filme perfeito, e a sua narrativa não é a mais credível de todas, mas tem as qualidades suficientes (muitas!) para que se torne num filme a ver. Para quem procura originalidade, acção e estilo!

(8/10) * * * *

Siga-nos:

Blogue a 24fps que não necessita de óculos 3D. Online desde 2003.

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.