Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

CINEBLOG

CINEBLOG

DiCaprio muda de penteado no trailer de J.Edgar

Se é verdade que as últimas aventuras de Clint Eastwood atrás das câmaras têm ficado um pouco aquém do esperado (Hereafter e Invictus estão longe de serem maus filmes mas não são certamente os mais inspirados de Eastwood), ainda não é motivo para entrar em pânico. 

 

O bom e velho Eastwood aliou-se a Leo DiCaprio (que por sua vez se aliou a uma série de próteses faciais) para nos trazerem um biopic de J. Edgar Hoover, o histórico fundador do F.B.I., carregadinho de emoções fortes e patriotismo.

 

O trailer de J.Edgar está disponível aqui (em glorioso HD) e tresanda a Óscar por todos os lados (pelo menos para os lados do Leo)

Porque hoje é o dia do sexo: trailer de Dark Knight Rises versão porno

Se me tivessem dado um euro por cada piadinha brejeira que já se fez com o título do novo Batman (principalmente depois de se saber que a Catwoman era uma das protagonistas) eu seria agora um homem fortemente assalariado.

 

A piadola mais recente chega-nos pelas mãos dos Dr. Coolsex e assume a forma de trailer de uma suposta paródia porno com trocadinhos sexuais à vontade do freguês. Não precisam de ir já a correr para os torrents porque a paródia ainda não existe. Claro que é só uma questão de tempo.

Curtas IX - "Portal: No Escape"

É um facto universal: Hollywood e os videojogos nunca se deram muito bem (veja-se "Tomb Raider", "Max Payne" ou "Hitman", por exemplo). No entanto, não há nada que impeça os videojogos de serem uma boa fonte de inspiração para a sétima arte, isto claro se procurarmos mais do que o lucro fácil.

Dan Trachtenberg é um realizador de anúncios que resolveu investir meio ano da sua vida, e alguns milhares de dólares, a transformar o aclamado "Portal" numa curta-metragem a transbordar atmosfera.

"Portal: No Escape" pode ser visto aqui.

Pág. 1/2

Siga-nos:

Blogue a 24fps que não necessita de óculos 3D. Online desde 2003.

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.