Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CINEBLOG

CINEBLOG

Feliz Natal a todos...

Hoje é véspera de Natal. OH OH OH...

Queria dizer-vos algo especial. Algo realmente interessante. Mas sinceramente não me ocorre nada. De cinema? Não... não vos quero falar de cinema. A vida é muito mais do que o cinema...

É isso... vou contar-vos uma história (sou será estória?). A história de uma rapaz apelidado Martins, que um dia resolveu criar um blog de cinema.

Era uma vez (não há muito muito tempo, nem numa galáxia distante), um rapaz chamado Martins, que gostava muito de cinema. Mas não era o típico fã de cinema. A ele não lhe interessavam os aspectos técnicos, nem gostava de escrever críticas como forma de masturbação do ego. Raramente via making of`s, imaginem só. Achava que ao ver o que estava por detrás das câmaras, a magia desaparecia, assim como grande parte da essência de um filme.

Para ele o cinema era arte, arte como refúgio. Arte como forma de procurar esgazeadamente nas imagens e nas criações dos outros (e até dele mesmo), algo que lhe faltava na vida dita real. Era um vegetal procurando emoções daquilo a que os outros chamavam vida.

Na sala escura do cinema aprendeu a sentir, a amar, a odiar... assustou-se, riu-se, apaixonou-se... Agora estava na altura de pôr em prática tudo o que aprendeu. Mas o mundo cá fora estava bem longe do idealizado pelos grandes nomes do cinema. O amores nem sempre eram eternos, os vilões nem sempre perdiam, as comédias nem sempre tinham graça para todos, nem a felicidade era eterna.

Mas era a vida. A realidade. E bolas... como era bonita. Os cheiros... não é adorável o cheiro da erva molhada, ou o aroma do café pela manhã? E os sons? Se houver algo mais reconfortante que um "adoro-te" libertado nos momentos mais inesperados eu ainda não descobri... Sim. Não é perfeita... mas a culpa é nossa. Nós somos os realizadores dos nossos filmes. O futuro ainda não está escrito e cabe-nos a tarefa de bordá-lo com letras de ouro.

Vamos todos fazer uma coisa... este Natal cheguem ao pé da pessoa de quem mais gostam e digam-lhe que a adoram! Fazem-me este favor? Esqueçam o cinema. Esqueçam as verdades que nunca o foram. Não tenham medo de ser felizes! Se sempre quiseram mudar de curso, façam-no. Se sempre se quiseram declarar aquela pessoa tão especial, acho que está mais do que na hora de deitar abaixo esse muro. Se sempre quiseram escrever um livro, plantar uma árvore, ou mesmo fazer um filho... não esperem por um amanhã que nunca vais vem, não se queixem daquilo que não têm.

São seis da manhã. Ouvem a música? Aproveite-na... este dia não é o da marmota... as oportunidades esgotam-se à primeira. Não as deixem escapar...

Ah... quase se esquecia... como termina a história?... Não sejam curiosos...

Um Feliz Natal ... e que todos os vossos sonhos se realizem, são os votos mais sinceros deste vosso amigo.

8 comentários

Comentar post

Siga-nos:

Blogue a 24fps que não necessita de óculos 3D. Online desde 2003.

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.