Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CINEBLOG

CINEBLOG

O labirinto do demónio porreiraço


E estes são suposto ser aqueles em que podemos
confiar...


Foi em 2004 que Guillermo Del Toro lançou o primeiro "Hellboy". Na altura, em Hollywood, o realizador era reconhecido sobretudo pelo "Blade 2" (um filme de acção simpático que muitos consideram superior ao original) e "El Espinazo del Diablo" (uma bela obra sobre a Guerra Civil espanhola que se viria a revelar um ensaio para algo que estrearia anos mais tarde...) . Os estúdios viram-lhe algum talento, deram-lhe um personagem promissor, e esperaram que ele, mais uma vez, fizesse um trabalho competente.

O resultado foi um filme interessante, bem recebido pela crítica, mas que infelizmente não teve uma grande recepção por parte do público, ficando longe da marca psicológica dos 100 milhões de dólares. Numa situação normal, isto teria marcado o fim das pretensões cinematográficas do nosso amigo vermelho.

Mas eis que em 2006, Guillermo del Toro estreia um pequeno filme de nome "El Laberinto del Fauno". Com vários prémios arrecados nos mais prestigiados festivais internacionais (incluindo alguns Óscares), o filme torna Del Toro numa das mentes mais prestigiadas do universo do fantástico da sétima arte.

Chegava então a altura de dar a Del Toro, novamente, a oportunidade de trazer o Hellboy ao grande ecrã (tal como ele tinha pedido há muito tempo) mas deixando-o fazer aquilo que faz melhor: criar mundos e universos que têm tanto de estranho como de adorável.


Texto publicado na íntegra
aqui.

Siga-nos:

Blogue a 24fps que não necessita de óculos 3D. Online desde 2003.

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.