Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

CINEBLOG

CINEBLOG

Mais um filme francês com "Paris" no título


"Deixa ver se não me bloquearam o carro..."

 

Alguém contempla atentamente uma paisagem. Esse é provavelmente o plano mais repetido neste filme e não é por acaso que isso acontece. No novo filme de Cédric Klapisch (realizador de "L’ Auberge Espagnole" e "Les Poupés Russes") essa paisagem é o elemento central. Ela é a protagonista. Ela é Paris.

A capital francesa surge nesta obra como um organismo em movimento. Não é a Paris idílica, recheada de amantes e paixões perfeitas. É a Paris real, poluída e altamente industrializada. Aqui não foram feitos esforços para remover digitalmente o fumo das chaminés das fábricas nem os graffitis das paredes. Paris mexe-se e contorce-se ao sabor do tempo, enquanto os personagens vão desfilando no seu interior.

"Paris" é um filme mosaico por excelência e não tem medo de o assumir. Mas enquanto que muitos filmes do género se esforçam demasiado por ligar as várias estórias (o que acaba por resultar muitas vezes em situações forçadas e artificiais) Klapisch não investe muito tempo nisso. Um encontro casual na rua é muitas vezes suficiente. O objectivo não é o particular mas sim dar uma visão geral do que se passa na cidade. E se isso pode ser considerado como algo positivo, a verdade é que também é daí que resulta o maior problema do filme.

Ver texto na íntegra aqui.

Siga-nos:

Blogue a 24fps que não necessita de óculos 3D. Online desde 2003.

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.