Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CINEBLOG

CINEBLOG

Sobre Secundários e Principais

Em 1991 "Silence of the Lambs" conseguiu um feito notável. Quatro Óscares nas quatro principais categorias não é para qualquer um. Melhor Filme, Melhor Actriz Principal para Jodie Foster, Melhor Realizador para Jonathan Demme e Melhor Actor Principal para Anthony Hopkins. Paremos um pouco por aqui para pensar.

 

 

Anthony Hopkins conseguiu neste filme um desepenho com o qual ficaria para sempre associado. Não é possível separar Anthony Hopkins de Hannibal Lecter nem vice versa. Ele foi considerado o melhor actor da película. No entanto, ao fazer as contas, reparamos no seguinte: Lecter aparece em oito sequências. Para ser mais preciso, quatro cenas com a Clarice, uma com Chilton, uma com a senadora, a cena da fuga e o telefonema.

Não aparece mais vezes que Ted Levine, por exemplo. Mas no entanto é, indubitavelmente, o actor principal.

A este hora já todos perceberam onde quero chegar, não é? E então Heath Ledger? Por que o consideram actor secundário num filme em que arrebata todas as cenas onde entra ? (que são mais do que aquelas em que Hopkins participou quando deu pela primeira vez - e única para mim - corpo ao Dr. Lecter)

Ao contrário do que se possa pensar, desta vez a Academia (ou as organizações por detrás dos diversos prémios) não têm qualquer culpa. São os estúdios que decidem as categorias para as quais querem candidatar os actores. Obviamente que o "The Dark Knight", por muito que seja uma obra genial, para os cânones da Academia não passa de um superhero movie. Tudo obedece às inexoráveis regras do mercado e essas regras ditam que Ledger tem mais hipóteses como actor secundário.

Tudo se relaciona com o veículo. Cristiano Ronaldo nunca teria ganho o prémio da FIFA se continuasse numa equipa como o Sporting, da mesma forma que Ledger, por muito bom que seja, nunca ganharia qualquer prémio como actor principal pelo "The Dark Knight".

De igual modo, se o estúdio considera que dois actores têm possibilidades de ganhar a estatueta de actor principal, nada os impede de candidatar mais do que um protagonista. Temos, por exemplo, o caso de "Sleuth" de Mankiewicz, que em 1972 viu os seus protagonistas - Laurence Olivier e Michael Caine - nomeados ao prémio de actor principal, que curiosamente viriam a perder para Marlon Brando e o seu Vito Corleone secundário elevado a principal.

É tudo uma questão de mercado. É a vida. É por isso que é preciso separar as etiquetas impostas pelos estúdios (que obedecem às leis do mercado) e a realidade. E se me perguntarem, obviamente que Ledger é o actor principal do "The Dark Knight".

12 comentários

Comentar post

Siga-nos:

Blogue a 24fps que não necessita de óculos 3D. Online desde 2003.

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.