Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

CINEBLOG

CINEBLOG

Óscares : Crónica de umas nomeações anunciadas


A pedido de várias familias, aqui ficam os meus two cents sobre as nomeações anunciadas esta tarde pela senhorita Hathaway.

Parece-me óbvio que a Academia se está a preparar para consagrar Avatar. Já me habituei à ideia, por isso nem me vou estar a chatear mais com isso. Sim, Avatar está longe de ser um filme perfeito mas, diga-se de passagem, é bem mais interessante que o vencedor do ano passado, o Slumdog Millionaire. A única dúvida que poderá eventualmente existir está na categoria de Melhor Realização. Kathryn Bigelow chega aos Óscares com um palmarés invejável, e se saísse do Kodak Theater com a estatueta para a melhor realização seria a primeira mulher a fazê-lo. A Academia costuma ser sensível (e bastante permeável) a este tipo de coisas.

Inglourious Basterds está destinado a ser o grande perdedor da noite (é o meu favorito, mas nestas coisas as preferências pessoais não interessam para nada) e ainda não vai ser desta que o Tarantino vai receber o mais do que justo Óscar.

Aquilo que realmente me aborreceu foi o tão badalado excesso de nomeados na categoria de Melhor Filme. Sim, os departamentos de marketing de algumas produtoras vão ficar mais satisfeitas ao poder escarrapachar "nomeado para melhor filme" na capa do dvd. Mas a coisa perde credibilidade. O District 9, por exemplo, é um bom filme mas já que era para nomear um filme sci-fi, a lista ficaria mais bem servida com o Moon. Não é tão comercial, mas não deixa de ser uma obra mais consistente. O filme dos Coen está lá porque... é dos Coen, e o The Blind Side... porque tinham que ser 10.

Dia 7 de Março cá estaremos para confirmar estas considerações... ou desmentir.

Podem ver a lista completa dos nomeados aqui, ou na página oficial, aqui.

28 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Siga-nos:

Blogue a 24fps que não necessita de óculos 3D. Online desde 2003.

Pesquisar

 

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.